11 de fevereiro de 2012

    
  «Ela acorda, vê ao lado da cama vazia um bilhete, parcialmente molhado.


       "Bom dia, meu anjo. Dormiu bem? Espero que sim. Peço desculpas por ontem à noite, mas eu precisava ouvir sua voz antes de dormir. E hoje saí logo cedo, pra uma última caminhada no parque. Lembra que eu disse que fui ao médico há 6 anos, antes de nos conhecermos e ele diagnosticou câncer de laringe? Então, era verdade. Mas o que não te disse é que ele disse que eu tinha 6 anos de vida apenas. E lembra semana passada quando eu fui ao médico, tossindo muito? Ele disse que eu não passaria por essa noite. E lembra que você acordou várias vezes a semana toda comigo tossindo e cospindo sangue? Pois é. Era meu corpo avisando que eu tava no fim. Mas não queria te assustar. Antes de eu partir, espalhei pela casa algumas surpresas. Quero que tire o dia para encontrá-las. Te amo, meu amor. Para sempre".
          

      Com lágrimas nos olhos, ela desce a escada, que estava coberta de margaridas, sua flor favorita. Chegando à sala, um filhote de cachorro com um lacinho no pescoço dormia no sofá. Havia um bilhete: "Sempre quisemos um filho, se lembra? Aqui está.". Ela fez carinho nele e foi à cozinha, chorando. Uma mesa de café da manhã montada: pães, patês, geléias, sucos, frutas, café... E uma foto dele na outra ponta da mesa, onde costumava se sentar. Um bilhete: "Tome um café comigo.". Depois de uma farta refeição, ela caminhou para o jardim. No banco onde se costumavam  sentar e ver o pôr do sol, uma caixinha. Dentro, uma aliança com os dizeres "Sempre seu". »

50 comentários:

patrícia disse...

adorei este *

tânia terra disse...

a sério que não estou mesmo a ver quem és :s onde nos conhecemos?

Ana A. disse...

gosto e sigo *

Sara Martins disse...

eu vou estar bem princesa (:

adorei, adorei muito o teu novo post *-*

catarina disse...

oh amor, claro que não posso, mas eu por natureza não acredito em mitologia, apenas acredito em factos reais e não sei porquê mas tenho muita ansiedade. Já viste o que é tirar em quase todos os testes( numa escala de 0 a 100) 89; 88,5; 88; 89,5; 87 e assim ?! é lixado !

mai disse...

Gosto do blog, sigo-te (:

catarina disse...

pois tens razão amor, isto vai passar !

mai disse...

Obrigada, quando seguires diz-me que isto às vezes não aparece

catarina disse...

oh também e eu a ti. Estás bem amor ?

mai disse...

Apareceu (: obrigada, <3

catarina disse...

ainda bem é como eu !

catarina disse...

oh pra quê eu ficar triste por quem não merece ? Bem, vou sair, tenho de estudar os Lusíadas e arrumar a casa :c

- Taty disse...

Sim mesmo, desistimos não porque somos fracos mas sim porque não queremos sofrer mais.
Sigo :D

Catarina Águas disse...

e eu adorei o teu. sigo tambem
tem potencial na escrita :)

Catarina Águas disse...

e eu adorei o teu. sigo tambem
tem potencial na escrita :)

catarina disse...

obrigada amor !

Francisca. disse...

adorei o blog* tens muito potencial para escrever.. :) SIGO

Rita Bastos disse...

adorei, perfect*

Francisca. disse...

sim, mas mesmo assim o texto está um mimo, e o design do teu blog também está muito bem. Obrigada por também me seguires :)

- Taty disse...

Mesmo
Eu estou nessa face *.*

Francisca. disse...

oh obrigada eu querida*

Raquel Barbosa disse...

Adorei o post, sigo *

Raquel Barbosa disse...

Só dá para comentar no post actual querida (battle for the sun - capítulo II), nos outros desactivei os novos comentários.

- Taty disse...

Concordo plenamente contigo *.*

- Taty disse...

Sim, neste momento também sei o que é isso.
Caso precises de alguém para desabafar, estou aqui, por vezes é mais fácil com pessoas que não conhecemos

- Taty disse...

O 1º passo sem duvida é esquecer tudo o que aconteceu, isso fica apenas recordações mais nada.
Obrigado querida *.*

- Taty disse...

Não precisas de esquecer, basta veres essa pessoa de outra forma

- Taty disse...

Sim percebo, experimenta começares a ver essa pessoa como um amigo, tentar conhecer pessoas novas, pode passar.
Já me aconteceu isso, comecei a ver a pessoa só como um amigo e as saudades passaram...

- Taty disse...

Se o dizes eu acredito. O que interessa é que sejas feliz *.*

- Taty disse...

O que interessa é tentar alcançar agora o quase lindaa

- Taty disse...

Sim realmente nao :x

- Taty disse...

Eu tambem apesar de nem sempre ser facil

- Taty disse...

Já eu posso tar mt mal, mas riu-me na mesma para ninguém se aperceber

disse...

adorei <3

- Taty disse...

Como eu te entendo :x

disse...

quase chorei sim

- Taty disse...

Sim parece que sim

disse...

é mesmo :|

- Taty disse...

Nao tanto como tu

- Taty disse...

E nao é?

- Taty disse...

é sim

- Taty disse...

Acredita que nao

- Taty disse...

Oh nada, é verdade o que eu digo lindaa

Francisca. disse...

:) um beijinho

Raquel Barbosa disse...

Também não havia problema se comentasses lá ;)

Raquel Barbosa disse...

Ahah, isso com certeza que fica :D

- Taty disse...

Aprendi contigo *.*

- Taty disse...

Sim eu aprendo muito rapido

- Taty disse...

Para quem merece, SEMPRE !

Henrique do Carmo disse...

Gostei e muito do pouco que vi, segui, se quiseres segue também o meu :)