29 de dezembro de 2011

culpada

 Decidi deixar-te voar sozinho para seguires o teu próprio rumo e conseguis-te fazê-lo na perfeição ... 
 Já não gosto de ti como sempre gostei, mas importo-me e preocupo-me contigo como sempre o fiz, m. Dói tanto ver que seguis-te a tua vida quando fui eu própria que te dei a liberdade para o fazeres, dói, dói, dói


"Amar alguém é querer o melhor para essa pessoa. Amar é sonhar, é proteger, é dar a mão quando é preciso e soltá-la quando assim tem de ser. Por mais que nos custe."

8 comentários:

Márcia Lourenço disse...

desejo-te um bom 2012 :)

disse...

força macaca

disse...

tinhas tido? tens que ter sempre

disse...

ahahah pronto xD

catarina disse...

como estás amor, há tanto tempo que não falamos. Amanha faço eu anos !

catarina disse...

não tem mal amor, muito obrigada +.+

catarina disse...

Amor é assim, tipo eu apaguei o facebook praí à 7 meses ou assim, tanto eu como uma grande amiga minha e nem penso reactivá-lo. Tenho msn e raramente vou lá. Sabes porquê ? Tenho várias pessoas que estão sempre on e passam a vida a perguntar se não posso ir alí ou acolá e assim e eu não estou para me chatiar, por isso jurei a mim mesma que não ia mais ao msn. Mas mesmo assim posso te dar o meu mail ...

catarina disse...

a sério amor, que sena, já te tinhas entendido com ele ?